O CICLO DAS MANDALAS: UMA METAMORFOSE EM SETE PASSOS

(VIVÊNCIAS EM AQUARELA)

A palavra Mandala significa em sânscrito "circulo mágico". É usada desde a mais remota antigüidade como o símbolo do centro, da meta e do si mesmo. Revela um dos mais importantes aspectos da vida do ser humano: o sentimento de fazer parte, estar integrado no todo.

Foi com Jung que, na atualidade, o simbolismo das mandalas tornou-se acessível para o ocidente, identificando uma relação entre o material simbólico surgido espontaneamente nas formas desenhadas pelas pessoas que atravessam crises interiores e os símbolos sagrados encontrados nas mandalas.

Construir uma mandala pode ser ao mesmo tempo criar uma imagem e vivenciar o processo para a evolução espiritual, espelhando a interiorização mais elevada da vida anímica e conhecimento de suas possibilidades evolutivas.

Trabalhar a metamorfose da mandala na linguagem artística da aquarela e conhecimentos da geometria sagrada possibilita tornar visível a imagem do Eu reintegrado no todo, o todo reintegrado no Eu.

Veja fotos de mandalas usando a técnica a ser aprendida no curso (260 kB).

Instrutora: Mary Porto. Terapeuta artística antroposófica, reside e atua em São Paulo, onde tem clínica própria. Este trabalho, fundamentado em sua formação artística como pintora, desenvolveu-se no âmbito terapêutico especialmente com trabalhos em aquarela e desenho. Criou o exercício “O Ciclo das Mandalas” a partir de pesquisa própria e experiência de resultados na sua aplicação com alunos e pacientes.

Público alvo: Todo aquele que se interessa por arte e autoconhecimento, artistas, professores, psicólogos e terapeutas. É necessária alguma experiência prévia em aquarela.

Carga Horária: O curso será apresentado em nove módulos mensais, em aulas com cinco horas de trabalho de ateliê e intervalo para almoço.

Material: Uma folha de papel para aquarela (300 g), pinceis para aquarela Nos. 18, 10 e 4 (tigre serie 181), tintas nas cores primárias (azul da Prússia, ultramar, amarelo limão, ouro, vermelho cinabaris, carmim) uma prancheta 40x40 cm de material impermeável, um caderno de desenho (sem pauta) para anotações e projetos.

Local: Espaço Arandara, R. Dr. Virgilio de Carvalho Pinto 107, Pinheiros, São Paulo, SP

Início: 13/3/10

Horário: das 10 às 17h00, um sábado por mês

Grupo: máximo de 10 pessoas

Contribuição: R$ 160,00 por encontro; depósito no Banco Real, Ag. 0293, CC 870363-8 em nome de Mary Porto; enviar fax do comprovante com nome completo para (11) 3064-0182

Informações e inscrições: (11) 3064-0182 (Mara); arandara1@hotmail.com


Vínculos:

Página de eventos ligados à Antroposofia (veja em especial o curso de longa duração Velado Revelado)

Home page da Sociedade Antroposófica no Brasil